Perfil Corporativo

A Portonave

A Portonave S/A – Terminais Portuários de Navegantes comemorou, em 2016, nove anos de operação em Navegantes, no litoral Norte de Santa Catarina. Ao longo do ano, um fato histórico foi agregado à bem-sucedida trajetória da Companhia: o alcance da marca de 5 milhões de TEUs (unidade de medida equivalente a um contêiner de 20 pés) movimentados desde o início das atividades. Um dos principais índices de eficiência, a produtividade, também apresentou crescimento em 2016. Com 11% a mais que 2015, a produtividade por navio atingiu 115 mph (movimentos por hora) na Portonave – índice semelhante a grandes portos do mundo. O desempenho operacional demonstra a força de um importante valor da Companhia: o compromisso com a excelência. 
[GRI G4-3; G4-4; G4-5]

VALORES 

 

  • Foco no cliente

  • Valorização das pessoas

  • Integridade

  • Responsabilidade social

  • Compromisso com a excelência

 

 

Como resultado, o Terminal Portuário manteve ao longo do ano a posição de líder na movimentação de contêineres no estado. A Companhia atua no armazenamento e exportação da produção das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil e de outros países da América do Sul, bem como no recebimento de cargas de todo o mundo (veja as linhas operadas aqui). Desde que começou a operar, em outubro de 2007, até o final de 2016, o Terminal já recebeu mais de 4,9 mil escalas de navios.
[GRI G4-4]

Primeiro terminal portuário de contêineres privado do país, a Portonave emprega diretamente 1.073 colaboradores e é reconhecida internacionalmente pela qualidade na prestação de serviços e pela alta produtividade. Em agosto de 2016, a Companhia bateu um novo recorde, com a movimentação de 85.518 TEUs em um único mês. No acumulado do ano, o Terminal Portuário de Navegantes movimentou 910.870 TEUs, contra 679.789 TEUs em 2015 – crescimento de 34%.
[GRI G4-9]

A Portonave também conquistou a segunda posição na movimentação de contêineres no Brasil, de acordo com a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq). Além disso, alcançou a marca de cerca de 55% de market share em Santa Catarina[1] e detém, desde 2014, o recorde sul-americano de produtividade, com 270,4 mph (movimentos por hora) em operação de navios. 

O balanço de 2016 registra 910.870 TEUs movimentados e uma receita de R$ 485,5 milhões, que mantém a Portonave entre as maiores contribuintes de Navegantes, representando 41,8% da arrecadação do Imposto Sobre Serviços (ISS) no município.

 

Capital acionário
De natureza fechada, o capital acionário da Companhia se divide entre Triunfo Participações e Investimentos (50%) e Bakmoon Investments Inc. (50%). 
[GRI G4-7]