Negócios

Desempenho operacional

Na contramão da crise, a Portonave obteve, em 2016, desempenho 34% superior ao de 2015 na movimentação de contêineres. Assim, manteve a liderança na operação de cargas conteinerizadas em Santa Catarina, respondendo por 54,7% da participação de mercado[1]. Foram movimentados, ao longo do ano, 910.870 TEUs, ante 679.789 TEUs em 2015. Segundo dados da Antaq, a Portonave assumiu a segunda posição na movimentação de contêineres do Brasil. 

Ainda em relação a 2015, tanto exportações quanto importações registraram alta: 45% e 14%, respectivamente. O número de escalas de navios que atracaram no Terminal durante o ano foi de 645, frente a 479 em 2015. A Iceport, câmara frigorífica da Portonave, movimentou 455.961 toneladas, incremento de 48% na comparação com 2015.