Governança Corporativa

Gestão de riscos

A identificação e o controle de riscos relacionados ao negócio estão entre as prioridades de gestão da Companhia, que monitora e avalia eventuais vulnerabilidades econômicas, sociais e ambientais. Em 2016 a Portonave iniciou uma ampla revisão de sua matriz de riscos e oportunidades, em um processo que envolveu Diretoria Executiva e gerências, e deu origem a planos de ação focados na eliminação ou na mitigação dos riscos.
[GRI G4-45]

Principais riscos monitorados

Macroeconômico

Companhia acompanha regularmente o desempenho de variáveis macroeconômicas com potencial de influenciar o mercado, como a política fiscal e monetária do governo, a taxa de câmbio, o preço das commodities, indicadores de emprego, crescimento econômico, inflação e juros, por exemplo.

De mercado

Para assegurar uma posição de destaque no setor, a Portonave monitora os indicadores portuários em âmbito nacional e global, com especial atenção a itens como índices de produtividade, qualidade e gestão socioambiental.

Regulatório

A fim de garantir a conformidade legal de suas atividades, a Companhia monitora a evolução de leis e regulamentos, nacionais e internacionais, que tenham impacto sobre suas operações.

Climático

Com foco na mitigação dos riscos que eventos climáticos – em especial as enchentes, comuns na região do Vale do Itajaí – comprometam as operações no Terminal, a Portonave acompanha iniciativas voltadas à manutenção dos acessos aquaviários do Complexo Portuário do Itajaí-Açu em períodos de excesso de chuvas. Além disso, mantém contratos de seguro para compensar os impactos de situações imprevisíveis ou incontroláveis.

Processos de auditoria

A Portonave realiza auditorias internas e externas. Internamente, a Companhia possui um Sistema de Gestão Integrado certificado conforme as normas NBR ISO 9001 e ISO 14001 (veja mais aqui). A cada ano é realizada uma auditoria externa relativa a requisitos de gestão ambiental e de qualidade, conduzida pela empresa Bureau Veritas Certification, órgão certificador acreditado pelo Inmetro. Também são realizadas regularmente auditorias específicas dos sistemas informatizados e dos processos de controle de acesso de pessoas, veículos e cargas, em função da responsabilidade da Portonave sobre o controle aduaneiro. 

 

Os procedimentos têm ainda a função de disponibilizar informações aos órgãos intervenientes, como a Receita Federal do Brasil, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Por ter entre seus acionistas uma empresa de capital aberto – a Triunfo Participações e Investimentos –, a Portonave é submetida também a auditorias contábeis trimestrais, realizadas por auditores independentes. Em 2016, a empresa responsável pela auditoria das Demonstrações Financeiras foi a Ernst & Young.
[GRI G4-33]